domingo, 15 de fevereiro de 2009

Vivo de Imaginação

Eu só quero estar no teu pensamento

Dentro dos teus sonhos

E no teu olhar

Tenho que te amar

Só no meu silêncio

Num só pedacinho de mim

Eu daria tudo para tocar você

Tudo para te amar uma vez

Já me conformei

Vivo de imaginação

Só não posso mais esconder

Que eu tenho inveja do sol

Que pode te aquecer

Eu tenho inveja do vento

Que te toca

Tenho ciúme

De quem pode te amar

Quem pode ter você pra sempre.

2 fingiram meiguice:

Minnie_ disse...

Noooossa... q nostalgia!
Essa música marcou os meus 12 anos!
Mas a humanidade é movida pela inveja, msm que seja do sol, das coisas boas que devem ser invejadas!

Um beeijo!

igor daltro disse...

gostei muito isso se reflete a mim pra voce