domingo, 20 de setembro de 2009

Saudades de ti


É impossível recordar a nossa história e conter as lágrimas que insistem em vir ao encontro dos meus olhos. Foram momentos especiais que jamais sairão da minha mente.
Vivi ao seu lado a paixão mais profunda que um coração já pôde sentir, em pouco tempo descobri que paixões não passam assim tão facilmente. A nossa, ou a minha paixão, ainda não passou, ainda consigo sentir o gosto doce do seu beijo, consigo lembrar com saudades do teu abraço e do seu jeito de me fazer carinho, enfim, lembro todos os dias da paixão ardente que vivemos juntos. As nossas loucuras têm hoje gosto de saudade, e assim, irei dizer que fui e sempre serei eternamente apaixonado por ti.
Quando nos encontramos, agimos como se fossemos apenas conhecidos, mas naquele mesmo instante meu coração sentiu o desejo compulsivo de reviver a nossa história, mas isso logo passou quanto o vento nos separou e senti um calafrio no meu corpo, esse calafrio era você me abraçando pela última vez.
Espero que um dia possamos nos entender e que eu possa demonstrar o que realmente sinto.
“Saudades de quem nem por um segundo, consegui esquecer.”

Esse texto foi um trabalho de português sobre o romantismo, feito pelos alunos: Camilla, Lívia, Thaysa e Ricardo. Nesse dia todos estavam bem inspirados...

3 fingiram meiguice:

A Madrasta Má disse...

Olá, confira seu número para o sorteio da promoção "Mulheres por que será que elas?" que será relizado hoje! Aproveitando tem presentinho para você lá no blog, obrigada pois com a sua linda participação a minha felicidade foi completa! boa sorte e bjinhos da Madrasta!

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Oie!

Tem selinho pra ti, lá no Limite...
Passe lá e pegue o seu!

Bjs!

Danni

=)

Camillananda disse...

Nossa que texto lindo...vcs realmente estavam inspirados hein!?
adoreiii..depois passa lá no meu meu beein
www.tudoqueachocerto.blogspot.com